MADE VI

O QUE

Feira de Design

A 6ª edição da MADE, realizada no Pavilhão da Bienal do Parque Ibiraquera, levou a indústria para dentro do evento. A ideia foi criar sinergia e relações com designers que já experimentam o chão de fábrica, assim como seus próprios ateliês.

 

São designers que sabem criar produtos autorais, em pequena escala, mas também são capazes de os colocar numa grande linha de produção. Porém, guardando o senso estético apurado e o forte processo de criação autoral, esses objetos podem ser alçados à categoria de obras de arte.

O tema dessa edição foi baseado numa exposição que o arquiteto, curador e colecionador Philip Johnson, fez em 1934 no MOMA, NYC.

 

Johnson escolheu objetos utilitários industrializados “feitos à máquina” como panelas,  copos, vidros de laboratórios, instrumentos científicos entre outros, e, baseado na estética da forma e materiais de cada um, colocou-os em pedestais, transformando-os em esculturas. Dessa forma, revelou-se o verdadeiro fascínio estético desses objetos industriais.

 

Como forma de homenagear Philip Johnson, a MADE 2018 cria uma licença poética para resignificar objetos e a indústria com o tema Machine Art - after Philip Johnson, nome também dado à exposição principal curada pela diretora da Glass House Foundation - Hillary Lewis.

O homenageado como Designer do Ano foi o Robert Stadler, que de longa data explora a relação entre arte e indústria, colaborando com grandes marcas como Vitra.

A edição também consolidou seus projetos inovadores de cada ano com números recorde, como o HandMADE (para objetos); os espaços Coletivos de 5M e de 10M (para jovens criadores); o PaperMADE (para arte em papel); e as Galerias (para marcas e lojas); além de lançar um novo formato - a GastroMADE dedicada à jovens produtores de gastronomia, com curadoria da jornalista de cultura Beta Germano.

Participantes:

Artemobilia // Estúdio Mameluca // Galeria Nicoli // Inn Gallery // LL Galeria // Maximiliano Crovato 

Alva Design // Ateliê Julia Krantz // Atelier André Ferri // Atelier Rodrigo Calixto // Andrea Macruz e Paulo Otavio // Carol Gay // Casa Costillas // Dsgn Selo - Light Lab // Estúdio Leo Capote // Estúdio Rika // F. studio // FETICHE® Carol Armellini & Paulo BiacchiI  // FORM - Olga Treivas & Vera Odyn // Gustavo Bittencourt // Inês Schertel // Marcos Amato // MEJI Design // Murilo Weitz // Nicole Tomazi // Oficina Ethos // O Formigueiro // Rahyja Afrange // Ricardo Graham/ oEbanista // Rodrigo Ohtake // T44 Studio e Luiza Caldari // Woo design by Gustavo Dias // YANKATU – Design com Alma // 

Cadu Silva // Coletivo 462 // Cultivado em Casa // Eduardo Borém // Estúdio Greta // Felipe Uzum // Gabbo Torres // Get Lost Studio // Giacomo Tomazzi Studio // I l u d i . // Knót Artesanal // Leandro Garcia // Leon Ades // Leonardo Di Caprio // Manu Reyes // Marcelo Caruso // Miriam Loellmann // MoBu atelier // Noemi Saga Atelier // Ofício Lenho // Olavo Machado Neto / OMNSTUDIO // Paulo Goldstein // Renato Périgo // STUDIO MASSA - RENATA TÁVORA BRENNAND

Aline Rocha - Handmade in Brazil // Bottletop // Calu Fontes // Carolina Peraca // Casa na Árvore // Estúdio Prole // EURICO HUMANO // FABIANA QUEIROGA // luisa velludo // Mari Dabbur - entre mãos e obras // marinabdias // Massa Branca // Mel Kawahara // Monica Giannella // NAIFACTORY - Silvana Catazine & Joseán Vilar // papelaria // PAULA JUCHEM // Roan Florez // Roberto Romero // SABRINA BORGES // Superchi Studio // Studio Heloisa Galvão // Studio Thiago Bicas // TAS Jóias // Thais Costa // Zanine de Zanini para Herança Cultural

ONDE

São Poulo

QUANDO

2018

CONTATO

Rua Amaral Gurgel 127 / cj.111 / 01221-001

São Paulo - BRASIL 

bruno@ateliebrunosimoes.com

+55 11 992 279 162

  • White Instagram Icon